Aracaju, o que ver e onde comer

A capital sergipana não tem as praias mais badaladas do Nordeste, mas em compensação, capricha quando o assunto é infraestrutura, hospitalidade, variedade de passeios – os de barco pelos rios levam a belos cenários como a Croa do Goré e à Ilha dos Namorados – e preços: até mesmo na alta temporada os programas saem em conta. Um dos passeios mais oferecidos na região é a visita à Mangue Seco, é a última praia do estado da Bahia e mesmo estando fora do estado de Sergipe está a 1h e 30min da capital sergipana.

A vasta gama de atrações e a infraestrutura da capital sergipana fazem com que o banho de mar fique em segundo plano. Na orla de Atalaia estão quiosques, bares e restaurantes que oferecem o melhor da gastronomia local, além de ciclovia, calçadão e quadras esportivas. Por lá fica também um dos mais interessantes oceanários do país, mantido pelo Projeto Tamar. As águas do rio São Francisco também banham a região e conduzem por um dos mais belos tours do Estado, passando por cânions e grutas, com paradas para banho.

Com ruas limpas e arborizadas, a cidade tem como principal cartão-postal a orla de Atalaia, repleta de atrativos. Ao longo de seis quilômetros reúnem-se quiosques, calçadão, ciclovia, quadras poliesportivas, fontes luminosas e um oceanário que encanta crianças e adultos.

Escunas levam ao cânion de Xingó, cartão-postal cortado pelas águas verdes do rio São Francisco

Da capital a Canindé são cerca de três horas de viagem. A melhor opção é pernoitar na cidade e, no dia seguinte, conhecer o município de Piranhas, onde Lampião e sua turma de cangaceiros costumavam montar acampamento.

Orla de Atalaia

A Orla de Atalaia é um dos mais belos cartões postais de Aracaju, considerada o maior centro de entretenimento e lazer de todo o Norte e Nordeste e o mais movimentado ponto turístico da capital.

Ela abriga restaurantes, bares, os melhores hotéis, apartamentos luxuosos e ainda possui uma infraestrutura de lazer completa com quadras de tênis, 04 campos de futebol, quadras polivalentes e de areia, a maior pista de skate pública do país, aparelhos com vaporizadores de água para banhistas e esportistas, área de ginástica, ciclovia, parede de escaladas com 03 faces, a cidade da criança, áreas para piquiniques, lagos para canoagem e pedalinhos, uma praça de eventos com mais de 24.000 m², kartódromo, pista de cooper, estátuas, arcos, centro de artesanato e o Oceanário do Projeto Tamar, tudo isso em perfeita harmonia.

Não é à toa que a Orla de Atalaia é considerada a maior e mais completa orla de todo o Brasil, além de ser uma das praias mais famosas de Aracaju.

Uma coisa muito louca que eu não estava acostumado aqui, não vi um semáforo. E temos muitas (faixas vivas) como em Santos, mas sem a necessidade de dar a mão para os carros pararem, basta por os pés na faixa e os motoristas já se manifestam em parar seus veículos.

A praia possui uma beleza natural, de água quente, limpa e muito calma, ideal para o banho e para prática de esporte, devido a sua grande faixa de areia firme. Para minha surpresa não vi muitos banhistas nesta praia, mas eu passaria dias inteiros alí, naquela tranquilidade.

Arcos da Atalaia

Mais uma parada para foto!

O primeiro arco foi construído na fundação da Orla e é feito de concreto, revestido com pastilhas azuis, com mais de 10 m de altura. Hoje são quatro os arcos, cada um representando uma fase da construção da orla.

Monumento aos Formadores de Nacionalidade

Esse Monumento foi construído para homenagear as personalidades da história brasileira.

As estátuas de bronze estão representando Joaquim José da Silva Xavier, Zumbi dos Palmares, Dom Pedro II, José Bonifácio de Andrade e Silva, Joaquim Nabuco, Princesa Isabel, Duque de Caxias, Barão do Rio Branco, Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek, entre outros.

Espaço de Convivência Cultural

Localizado perto da Praça dos Arcos, o espaço serve como uma espécie de resgate cultural de um passado pouco conhecido dos sergipanos, mas de grande importância.

As esculturas em bronze agraciam personagens da cultura sergipana, destacando-se Gumercindo de Araujo Bessa, João Batista Fernandes, Tobias Barreto (filósofo e escritor), Silvio Romero (deputado provincial e federal de Sergipe), José Calasans (intelectual e magistrado), Fernando Pessoa, (advogado, professor e crítico), João Ribeiro (jornalista, historiador e membro da Academia Brasileira de Letras) e Horácio Hora (importante pintor do Romantismo brasileiro).

 

Feira de Artesanato

Barraquinhas com todo tipo de artesanato local. O lugar ideal para comprar uma lembrança dessa cidade encantadora. A feirinha mais frequentada é a Feira do Turista, que fica próxima ao Hotel da Costa de frente para a orla.

Já, a Passarela do Artesão, que fica na própria orla, bem próxima ao Hotel Radisson Aracajú, infelizmente está bastante escondida, atrás da pista de sake. Eu mesma só a descobri quando estava caminhando entre os lagos. Isso torna o movimento fraco pois poucos sabem da existência dela alí. Tomara que mudem o local pois os vendedores são muito queridos e os produtos bons, a um ótimo preço!

 

Segurança

E sabe o que é o melhor de tudo isso? Há muita segurança no local. Policias presentes a cada esquina? Nada disso! Na orla há a Delegacia de Turismo e a instalação de câmeras de vídeo ao longo da avenida que proteje os cidadãos dia e noite sim, mas, talvez o povo lá seja diferente mesmo, mais conscientizado, além do trabalho com as comunidades ser muito bem feito a ponto de não se ver ladrões, trombadinhas e nem pedintes. Acredito que este seja um dos grandes diferenciais de Aracaju para as outras cidades nordestinas brasileiras.

O famoso “Caranguejo”

Como o próprio nome diz, o caranguejo é o carro chefe dos lugares. Tem caranguejo empanado, ensopado, grelhado, gratinado e mais uma infinidade para saboreá-los, mas o mais gostoso é o tradicional, aquele que vem com um martelinho e uma tábua que você tem que quebrar. Essa é a terapia do povo sergipano! (Acho que vou começar a comer mais caranguejo kkkkkkk)

 

Bem, como sou canceriano e esse crustáceo é o simbolo desse meu signo nada mais que justo uma foto com o bichão.

Uma foto com o gigante crustáceo é obrigatória!

 

Passarela do Caranguejo

Praticamente no final da Orla fica a Passarela do Caranguejo, onde concentra-se uma variedade de restaurantes e bares badalados.

Tem caranguejo empanado, ensopado, grelhado, gratinado e mais uma infinidade para saboreá-los, mas o mais gostoso é o tradicional, aquele que vem com um martelinho e uma tábua que você tem que quebrar. Essa é a terapia do povo sergipano! (Acho que vou começar a comer mais caranguejo kkkkkkk)
Escolhemos o Amanda Bar e Restaurante pegamos um dia com várias promoções pede 1 ganha 2. Abrimos com patinhas de caranguejo à milanesa e um caldo de sururu (também conhecido como mexilhão) bem saboroso por sinal, provei pela primeira vez um suco de cacau, docinho e deixa aquele gostinho bem acentuado do cacau na boca, quase fechando com uma porção de caranguejos que sai a 6 reais a unidade e vem acompanhado de um pirão e vinagrete, encerramos com um pastel de caranguejo.
Os preços são variados mas da para comer gastando pouco. Um caldo custa R$ 12,00 um pastelzinho R$ 6,00 os refrigerantes são baratos uma media de R$ 4,5 uma lata e R$ 8,00 os sucos.

 

 

Museu da Gente Sergipana.

O Museu é gratuito, interativo, encantador. Traz peças de artesanato, Cultura, artistas , História, Personagens. É simplesmente imperdível a visita a este local.

O museu é muito interativo e lembra em muito o museu da língua portuguesa em São Paulo. De acordo com um dos monitores os dois museus tem em comum o curador que desenvolveu o projeto com muito carinho aos detalhes e fiel ao conteúdo de todo acervo e história.

Não vamos falar muito, afinal você vai querer vir aqui neh!
Deixamos vocês com algumas imagens.

Funcionamento:
O museu abre sempre de terça-feira a domingo.
Horários:
– De terça-feira a sexta-feira – das 10h às 16h.
– Sábados, Domingos e Feriados das 10h às 15h.

O museu não abre às segundas-feiras, nos dias 24, 25 e 31 de dezembro, no dia 01 de janeiro, nas terças-feiras de Carnaval, nas sextas-feiras Santas e nos dias de eleições.

Acarajé do Cantinho da Lânia

Bateu aquela vontade de comer um acarajé, não estamos na Bahia mas descobrimos que por aqui tem vários lugares especializados no assunto, então saímos a caça e encontramos o Cantinho da Lânia. O local é um trailer localizado na Orla de Atalaia, possui um cardápio variado com churrasquinho, pasteis e etc. Os lanches são bons, o atendimento é rápido e o preço é barato. O local possui mesas e cadeiras para comer. Para quem estiver querendo lanchar pode procurar esse trailer e saborear os lanches. Cada acarajé sai por R$ 13,00 já os espetinhos R$ 5,00

 

 

 

 

Projeto TAMAR – Oceanário de Aracaju

Hoje a tarde fizemos um passeio pela Orla e #PartiuOceanario – Foi o primeiro o oceanário do Nordeste e o quinto do Brasil.

Seu formato é de uma tartaruga gigante (1.700 m2 de área construída), abriga 18 aquários, sendo 12 de água salgada e 6 de água doce, um tanque de filhotes de tartarugas, um tanque de tartarugas adultas, um tanque de tubarões e um tanque interativo.

E é no tanque interativo que os visitantes, acompanhados de biólogos, alimentam os peixes e tubarões e interagem com as tartarugas, bem hoje não tivemos a sorte de interagir com as tartarugas pois a alimentação delas é as 10:30 da manhã, mas vale a pena estar sempre as 16:30 para acompanhar a interação com os peixes e tubarões no período da tarde. A Fabia Andrade saiu de lá como criança, após poder tocar no bichão, uma fêmea de Tubarão lixa com um pouco mais de 2 metros e que está esperando bebês haha. Irado!

Uma curiosidade do lugar é o Submarino Amarelo, onde é possível conhecer animais que vivem bem ao fundo do mar (a mais de 2.000m), muitos nem mesmo conhecidos pelos biólogos nacionais e internacionais. O Submarino é todo escuro e muito gelado, para manter o ambiente natural desses “estranhos” animais. A visita não ocorre toda hora e nem todos os dias, para não estressar os animais.

Bem, como todo parque sempre tem uma daquelas lojinhas na saída, e não dá para sair sem comprar nem que seja um chaveiro de lembrança. Não deixe passar essa experiência, programe-se para isso! \o/

O Projeto abre diariamente, segunda das 10h às 21h e terça a domingo das 9h às 21h. Horário especial na temporada (dezembro a fevereiro e julho) todos os dias das 9h às 21h.

Valor dos Ingressos: Inteira: R$ 18,00, Meia entrada: R$ 9,00

Cariri – A casa de forró mais famosa do Nordeste

O Cariri é um restaurante e casa de forró da cidade de Aracaju-SE, uma das casas de forró mais famosas e conceituadas do Nordeste. Criado há cerca de 13 anos, o local costuma receber diversos turistas e moradores aracajuanos em busca de boa comida ou de uma noite bem animada.

WP_20170612_072.mp4

Hoje tem coisa aqui kkk conhecendo o mais recomendado restaurante e casa de show de Aracaju. Excelente ambiente com bom atendimento e animação, ótimo serviço de restaurante e variedade de petisco com variados crustáceos, além da opção de curtir o forro na parte interna.

Publicado por Dario Andrade em Segunda, 12 de junho de 2017

Visitar Aracaju e não ir ao Cariri é como “Ir a Roma e não ver o Papa”, é um passeio imperdível. Não se preocupe se não souber dançar forró, eu também não sei e aprendi por lá, na base do improviso mesmo. O importante é se divertir no Cariri e reservar uma noite de seu roteiro no local.

Excelente ambiente com bom atendimento e animação, ótimo serviço de restaurante e variedade de petisco com variados crustáceos, além da opção de curtir o forro na parte interna. O Cariri é um ótimo local para comer bem, dançar muuuuito forró e conhecer um pouco mais da cultura nordestina, vale a pena conhecer.

v. Santos Dumont s/n, Orla de Atalaia, Aracaju-SE
(79) 3243-1379
www.cariri-se.com.br

 

Ponto da Picanha

Depois de tantas indicações, para fechar os trabalhos conhecemos o Restaurante Ponto da Picanha lugar lindo de bonito, atendimento muito receptivo. Bem localizado, na Orla mais bonitas do país (me convençam que não rs), a Orla De Atalaia – Aracaju/Sergipe/Brazil, o restaurante é o Lugar Perfeito para quem gosta de comer bem, sem abrir mão de conforto e qualidade. Provamos um Filé Mignon com legumes (um espetáculo) acompanhado de arroz e batatas fritas. A sobremesa ficou por conta de um brownie desconstruído (brownie de chocolate, sorvete de creme e morango). Existem algumas promoções do dia e os pratos são bem servidos. Se vier a Aracaju vale a pena um almoço ou jantar nesse chic e maravilhoso restaurante

 

Restaurante Bada Grill

Com tantas opções, algumas se destacam mais pela boa comida, pelo atendimento e pelo ambiente, é o caso do Restaurante Bada Grill, foi a nossa opção do almoço do dia dos namorados, e sinceramente ficamos apaixonados pelo lugar. Da decoração ao atendimento, da bela apresentação da comida ao sabor e tudo isso acompanhado de música ao vivo que por sinal o cantor mandou muito bem com clássicos de Caetano, Gilberto Gil entre outros, a casa tem um pequeno palco onde apresentações ao vivo costumam acontecer, sempre com músicas que não atrapalham a boa conversa na mesa, deixando o ambiente ainda mais agradável.

O Bada Grill possui ótima localização, no início da Passarela do Caranguejo, na orla de Atalaia. Dá pra almoçar sentindo a brisa do mar e/ou jantar na região gastronômica mais “bombada” da cidade.

O ponto de referência para facilitar a localização é o enorme caranguejo, com mais de 2 metros de altura, que fica no canteiro central da avenida à beira mar.

O Restaurante Bada Grill possui 3 ambientes e uma belíssima decoração típica nordestina: rústica, com peneiras de palha, almofadas em chita e bancos em madeira.  O Bada Grill tem ainda um Espaço Kids, um local reservado para as crianças com alguns brinquedos e TV com desenhos, com um monitor acompanhando.

O cardápio ainda possui diversas outras opções: lagosta, frango, picanha, carne de sol à moda e pernil de carneiro, além de diferentes moquecas. Os preços variam bastante e a média é R$70,00 para duas pessoas. Atendimento nota 10, ótimo cardápio, excelente localização e ambiente perfeito, não é atoa que o Bada Grill é um dos melhores restaurantes de Aracaju. Não deixe de ir!

Restaurante Bada Grill
Av. Santos Dumont 526, Orla de Atalaia, Aracaju-SE

 

 

 

 

Muratto Restaurante Sushi Lounge

E vamos de Sobremesa do Chef que na verdade poderia se chamar “Sobremesa dos deuses” um maravilhoso crepe com doce de leite e castanha, sorvete 🍦 muito saboroso de creme e morangos em calda.

CONHEÇA O Muratto Restaurante Sushi Lounge – Com foco nas culinárias contemporânea e japonesa, o Muratto é tido por muitos sergipanos como o melhor restaurante de Aracaju. O ambiente é requintado e agradável. Os pratos são diversificados: sushis, sashimis, camarões, peixes, aves, carne vermelha, risotos… Tem para todos os gostos!

Ingredientes de altíssima qualidade num ambiente diferenciado e com excelente serviço!

 

Quer passar por todas essas experiências?

Fox Diamond Tour
RUA ANTÔNIO BENTO DE AMORIM 28 – SANTOS
Tel.: 13 30119509 – WhatsApp: 13 974209045

 

Você pode preencher o formulário abaixo. Nós entraremos em contato com você.

Leave a Comment